Feministas Sim e com Orgulho!

Infelizmente são poucos aqueles que conseguem compreender o verdadeiro significado da palavra feminismo. Com o passar dos anos, muitos sentimentos negativos foram agregados à essa palavra, e principalmente àqueles que a carregam consigo como uma bandeira a ser erguida.

Hoje, ser feminista, como disse a atriz e embaixadora da boa vontade da ONU Mulheres, Emma Watson, em seu discurso para a campanha HeforShe, “Mulheres estão escolhendo não se identificar como feministas.” e isso deve-se ao principal rótulo de que feministas são mulheres “[…]cujas opiniões são vistas como muito fortes, muito agressivas, isoladoras e contra os homens. Até mesmo pouco atraentes.”

E foi pensando em quebrar de vez esse pré-conceito que o Com Que Book Eu Vou de março traz obras que mostram um pouco mais sobre o universo feminista e o empoderamento feminino – o universo da mulher guerreira que batalha todos os dias para ter voz e ser ouvida.


mulheres5O primeiro livro é o Nós, Madalenas, Uma Palavra pelo Feminismo, de Maria Ribeiro.

A obra reúne cem imagens lindas de mulheres que ilustram em seu próprio corpo através de palavras, o que a luta do movimento feminista representa na vida de cada uma dessas mulheres. Com mensagens baseadas em seus sentimentos e experiências pessoais, elas transmitem em toda sua simplicidade de palavras, a força que o movimento carrega e transmite para cada uma.

Um livro libertador, que te faz ir além de toda e qualquer compreensão. Um aprendizado que deve ser levado para dentro de si mesmo porque a mudança começa em cada um.


mulheres1
O segundo livro da lista é uma das obras de Virginia Woolf, Orlando: uma biografia.

Publicado em 1928, a obra, baseada na vida da amante de Woolf, Vita Sackville-West, traz a história de um jovem inglês que nasce na Inglaterra elisabetana e,  durante uma viagem à Turquia, acorda em um corpo feminino. Dotado de imortalidade, a história transcorre ao longo dos séculos ultrapassando as barreiras físicas e emocionais de ambos os gêneros.

Ao longo do livro, é possível perceber essa dualidade. Há momentos em que a figura masculina de Orlando se faz presente em toda sua força bruta e viril, e em outros, a delicadeza e sutileza feminina se faz presente.


mulheres2Um dos livros presente na lista dos mais vendidos nos Estados Unidos por um ano, Mulheres que correm com os lobos, mostra a forma como a mulher veio sendo domesticada ao longo dos tempos.

Através de 19 lendas e contos de fadas, Clarissa Pinkola Estés aborda a maneira como a liberdade feminina foi aos poucos sendo podada através de punições e castigos, tornando qualquer ação contrária ao esperado em um ato de rebeldia.

Ao longo da obra, a liberdade toma forma e a mulher é convidada a encontrar sua essência, seu verdadeiro eu, quebrando as correntes que a prendem ao convencionalismo social.


mulheres3Publicado em 1949, O Segundo Sexo, de Simone de Beauvoir, é considerado uma das obras mais importante do movimento feminista.

No Brasil, foi publicado em dois volumes: Fatos e mitos é o volume 1, e faz uma reflexão sobre mitos e fatos que condicionam a situação da mulher na sociedade. A experiência vivida é o volume 2, e analisa a condição feminina nas esferas sexual, psicológica, social e política.

 


 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s